Bovinocultura de leite é um dos temas da Dinapec 2017

Exibindo Dinapec_por_Marciana_Retore.jpg


Cerca de 400 produtores rurais de Mato Grosso do Sul visitaram o estande da Embrapa Agropecuária Oeste e Agraer, na Dinapec 2017, durante os dias 8 e 10 de março, em Campo Grande. Os produtores puderam conhecer soluções tecnológicas em bovinocultura de leite, adequadas a realidade de Mato Grosso do Sul.

Inúmeras caravanas de produtores oriundos de diversas cidades, entre elas: Rio Brilhante, Nova Alvorada do Sul, Corguinho, Rochedo, Dois Irmãos do Buriti, Ribas do Rio Pardo, entre outras estiveram na Dinapec. Os participantes conheceram práticas de manejo que podem ser adotadas para o fortalecimento da pecuária leiteira estadual. Outro tema que foi apresentado é relacionado a adequação às novas exigências legislativas e de mercado.

O pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Claudio Lazzarotto, esteve participando das atividades do evento e conta que além dos agricultores de diversas cidades do MS, também participaram alguns produtores da Bolívia e do Paraguai. “Recebemos produtores interessados na bovinocultura de leite e que demonstraram satisfação com o que viram e aprenderam em nosso estande. Isso só possível devido aos parceiros dessa atividade”, disse ele.

Giros tecnológicos foram realizados, em que foram demonstradas as alternativas de cultivo, manejo, produção e oferta de forragens para o gado leiteiro, adaptáveis a todas as condições de tamanho e raça do rebanho, tipo de solo, capacidade de investimento e localização da propriedade, além de estratégias simples de manejo e condução dos animais para incrementar a produção e a qualidade do leite.

Além dos giros tecnológicos também foram realizadas oficinas, com o objetivo de apresentar alternativas relacionadas ao manejo alimentar de qualidade para os bovinos, além de incentivar a adoção dos sistemas integrados de produção e proporcionar a sensibilização dos produtores sobre a necessidade de profissionalização, uso de novas tecnologias, entre outros.

As oficinas oferecidas para os participantes do evento, foram: “Alternativas, reforma ou renovação de pastagens”; “Como alimentar adequadamente o rebanho, inclusive na seca”; “Pastejo rotacionado”; “Muitos serão excluídos da produção de leite. E você?”, “Brucelose e a tuberculose, controle e transmissão”; “Cuidados na produção de derivados do leite e sobre o SISBI”, “Reflexos do Rebanho na produção e qualidade do leite” e “Vacinação dos animais com ênfase em febre aftosa”.

A Dinapec 2017 é uma realização da Embrapa Gado de Corte e tem a participação das Unidades da Embrapa - Pecuária Sudeste, Caprinos e Ovinos, Gado de Leite, Agropecuária Oeste e Pantanal, além de instituições como a Associação para o Fomento à Pesquisa de Melhoramento de Forrageiras (Unipasto), as Fundações MS e Chapadão, a Agência Estadual de Defesa Sanitária e Vegetal (Iagro/MS) e a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de MS (Agraer).

Christiane Congro Comas (Mtb-SC 00825/9 JP)

Embrapa Agropecuária Oeste

agropecuaria-oeste.imprensa@embrapa.br

Telefone: (67) 3416-6884

Share: