Governo entrega novo prédio da UEMS em Campo Grande



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), cumpriu o compromisso e a meta de entregar o prédio da unidade universitária da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) de Campo Grande antes do início das aulas do segundo semestre da Universidade. Para o reitor, Fábio Edir dos Santos Costa, o prédio é a realização de antigo anseio da Universidade que, até então, não tinha na capital uma estrutura adequada para o desenvolvimento das atividades acadêmicas. “Além de ganharmos uma nova unidade, Campo Grande ganha um novo cartão postal, pois quem visitar o novo prédio verá como ficaram bonitas as instalações”, disse o reitor.
Na manhã desta quarta-feira (01), juntamente com secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, o reitor visitou o novo prédio acompanhado por membros da Diretoria de Infraestrutura da UEMS (Dinfra). De acordo com o secretário, a obra foi entregue conforme planejamento realizado em janeiro e totalizou investimentos de cerca de R$ 47 milhões. Os mobiliários para o novo prédio já foram adquiridos e começam a ser instalados a partir da próxima semana. 
As aulas do segundo semestre, de todos os cursos oferecidos em Campo Grande, terão inícío já no novo prédio. A UEMS juntamente com o Governo planeja uma cerimônia oficial de entrega para os últimos dias de julho. Funcionam na unidade os cursos de Artes Cênicas, Geografia, Letras Português-Espanhol e Português-Inglês, Pedagogia, Medicina, Turismo e cursos de Pós-Graduação.
A nova unidade universitária ocupa um terreno de 120 mil m², com cerca de 21 mil m² de área construída, incluindo um lago artificial central e colunas inspiradas em pinturas indígenas. As instalações contam ainda com passarelas, bicicletários, sub-estação, guaritas, além dos blocos de salas de aula e administrativo.
O reitor Fábio Edir entende que a entrega da obra confirma o compromisso do Governo com a instituição e afirma que  o complexo de prédios da unidade universitária da capital atende uma das demandas mais antigas da UEMS e beneficiará toda a comunidade acadêmica e a população em geral. 
Para o Alencar Ferri, diretor de Infraestrutura da Universidade (Dinfra), a construção da unidade universitária da UEMS de Campo Grande amplia a visibilidade da instituição na capital do Estado, uma vez que o município era o único que não tinha um prédio próprio devidamente adequado às atividades acadêmicas. “Trata-se de uma obra complexa do ponto de vista estrutural e foi entregue dentro do prazo estabelecido com o governo. Estamos muito satisfeitos com o resultado”, afirma Alencar.
FONTE SITE UEMS.BR
Share: