Bacillus subtilis autorizado como aditivo em alimentos para frangos de engorda

A Comissão Europeia autorizou a utilização de Bacillus subtilis DSM 29784 como aditivo em alimentos para frangos de engorda e frangas criadas para postura. A Adisseo France SAS é o detentor da autorização.
Segundo o Regulamento de Execução 2018/328 da Comissão, de 5 de Março de 2018, em 2003, foi apresentado um pedido de autorização de uma preparação de Bacillus subtilis DSM 29784.
Esse pedido foi acompanhado dos dados e documentos exigidos e refere-se à autorização de uma preparação de Bacillus subtilis DSM 29784 como aditivo em alimentos para frangos de engorda e frangas criadas para postura, a classificar na categoria de aditivos designada por “aditivos zootécnicos”.

Sem efeitos adversos

A Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos concluiu, no seu parecer de 4 de Julho de 2017, que a preparação de Bacillus subtilis DSM 29784, nas condições de utilização propostas, não tem efeitos adversos na saúde animal, na saúde humana nem no ambiente.
A Autoridade concluiu também que a preparação em causa tem o potencial de melhorar o desempenho zootécnico dos frangos de engorda. Esta conclusão pode ser alargada às frangas criadas para postura quando o aditivo é utilizado na mesma dose.
Pode ler o Regulamento completo aqui.

Fonte 
Agricultura e Mar Actual
Share: